terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Conteúdos para educação em celulares: quem produz?

Mesa sobre Mobilidade: boas perguntas do Antonio, um professor de Niteroi. A questão era como todas essas possibilidades interessantes do celular podem chegar à educação escolar. Considerando que os alunos já estão por aí com celulares que conseguem, no mínimo, ouvir MP3, de que forma o pessoal da ponta (techies) podem contribuir para que conteúdos de interesse surjam para esse público?
Gostei da questão. Em geral o tema colocado é o da resistência dos professores. Mas e se perguntarmos ao contrário? Se perguntarmos como esse mercado, especificamente, está olhando para o público jovem, quando o tema é educação?
Algum palpite?

Na foto: Lilian, Antonio, Juliana Vilas e Bia Kunze

----
Ficou faltando o sobrenome e a escola do Antonio... falta de prática da blogueira, vou conseguir e atualizar!

3 comentários:

  1. Olá! Antônio Carlos Silva de Carvalho atua como dinamizador no Distrito de Tecnologia Educacional de Niterói/RJ, com sede no Instituto de Educação Prof. Ismael Coutinho. Depois de conhecer o seu "tesão" pela educação e o seu respeito pelo próximo, foi com grande alegria que conseguimos tê-lo em nossa equipe. Com certeza, um ótimo profissional, amigo e companheiro de jornada em busca da igualdade de possibilidades de inclusão digital para todos. Valeu, Antônio! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Valéria! Vou completar as informações. Adorei conhecer o Antônio aqui no Campus Party, é ótimo adensar a rede entre educadores! Vc por acaso está no CP?

    ResponderExcluir
  3. [08:28:03] detetivebrasil: Se você precisar conhecer um pouco mais sobre o Celular sony, acesse este blog onde você conheçerá os modelos disponíveis, modelos antigos, defeitos mais comuns, tipos de toques, toques para baixar e muito mais sobre os celulares da marca sony. Também faz link com outros blogs na Nokia, motorola, Samsung e lg http://www.celularsony.com

    <<<

    ResponderExcluir